teaching‎ > ‎

Disciplina CJE5198 - As Formas Digitais da Opinião Pública

posted Oct 19, 2009, 8:24 PM by Marco Toledo Bastos   [ updated Mar 14, 2012, 3:19 PM ]
Objetivos:

1. Compreender o contexto histórico de emergência da opinião pública e as mudanças impostas pela reformulação da esfera pública; 2. Descrever os componentes da esfera pública contemporânea em função de um contínuo atmosférico ou de uma matriz de media; 3. Examinar os conceitos tradicionalmente vinculados à opinião pública (gatekeeper, formador de opinião, audiência, etc.) no panorama mediático digital.

Justificativa:

A disciplina percorrerá a história do conceito de opinião pública no contexto de sua emergência até sua conformação contemporânea nas redes digitais. A opinião pública, tema transversal ao jornalismo e aos estudos de comunicação, se encontra na intersecção de questões comunicacionais sobre os mecanismos de formação de opinião; sobre as forças de formação de consensos e dissensos; sobre a mecânica do poder; sobre padrões de difusão de informação e sobre a função social do jornalismo. A questão da opinião pública aparece na modernidade como uma força abstrata que nenhuma constituição nacional prevê ou regula, mas cuja expressão garante legitimidade às democracias ocidentais.

Conteúdo:

A disciplina visitará as teorias sobre a opinião pública e examinará as modificações estruturais do conceito e de seus componentes. Essa trajetória começa no século XVIII, com a conformação de uma esfera pública, e segue até o século XXI, com a emergência das redes sociais. O conceito de opinião pública é revisitado no debate alemão com Habermas (1984) e Luhmann (2005); no debate francês com Tarde (1992) e Sauvy (1977) e no debate americano com Lazarsfeld (1972) e Lippmann (1961), escolas que definem a opinião pública como: 1. produto da mudança estrutural na esfera pública; 2. produto da escrita não relacionado com a opinião de indivíduos, mas com certo consenso social acerca de determinado assunto; 3. agregado empírico de opiniões, idéias e compromissos políticos dentro da população adulta; 4. complexo orgânico de opiniões que retrata o poder invisível do visível; 5. princípio abstrato de onde as ações políticas se originam. A reconstrução dessa trajetória tem por finalidade reforçar os pontos de inflexão do conceito, sugerindo uma reformulação de seus componentes e do arranjo comunicacional da esfera pública. Além disso, a retomada do conceito permitirá uma análise da ecologia digital dos media e uma descrição do contínuo atmosférico ou matriz de media. Essa reformulação da esfera pública fornecerá elementos para a análise das redes digitais, tais como a blogosfera ou a plataforma Twitter, sistemas de emergência de opiniões criadas por usuários, organizações de media e governos nacionais. A disciplina apresentará ferramentas para análise de dados das redes sociais, de modo a permitir uma análise sistemática das condições para que uma mensagem se torne “viral” ou uma palavra chave (hashtag) desencadeie um trending topic. A relação entre esse modelo distributivo, que contrasta com o mundo das salas de redação ou das universidades, será discutida em contraste com o conceito de opinião pública consolidado no pós-guerra.


Blog da disciplina: http://cje5198.blogspot.com/

Comments